post-title Câmeras podem ajudar a desvendar assalto em Canoas 2008-11-27 11:25:22 yes no Posted by: Categories: Notícias

Câmeras podem ajudar a desvendar assalto em Canoas

Canoas-RS –

As imagens das câmeras de segurança podem guardar a solução para o assalto ao depósito da rede de farmácias Mais Econômica, em Canoas, na noite de terça-feira (04).
Pelo menos 15 ladrões encapuzados invadiram o local e fugiram com dois caminhões carregados com medicamentos e produtos, além de um Logan.
Dois funcionários foram levados como reféns.
A ação durou cerca de duas horas.
O ataque começou fora da empresa.
Por volta das 21h30min, dois funcionários que chegavam em casa foram atacados por bandidos em uma van.
Sob a mira de armas, foram obrigados a voltar à empresa, na qual só estavam dois vigias. Um dos reféns disse ao vigia que havia perdido os documentos no depósito.
Quando o portão foi aberto, um dos criminosos, armado, rendeu os vigias. Depois de carregados os caminhões, a quadrilha fugiu, levando os dois funcionários.
De medicamentos, os bandidos levaram basicamente Viagra. A maior parte da carga roubada foi de fraldas, aparelhos de barbear e caixas de leite Nan.
As vítimas foram liberadas por volta das 2h30min, em Novo Hamburgo. Os caminhões foram encontrados às 5h30min, no Bairro Imigrantes, em Campo Bom.
De acordo com o delegado da 3ª DP de Canoas, Moacir Fermino Bernardo, o modo de agir deste grupo não é novo.
“É semelhante ao de uma quadrilha com ação em toda a Região Metropolitana.
Agora trabalhamos para reconhecer os criminosos”, explica.

ASSALTO EM POSTO DE ESTEIO:

Um assaltante foi liberado pelo delegado de polícia após ter roubado um posto de combustíveis durante a madrugada em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre.
O criminoso foi detido pela Brigada Militar com os produtos roubados — a gaveta do caixa e vários pacotes de cigarros — e levado para a delegacia do município. O assalto ocorreu por volta das 2h30min e foi registrado pela câmeras de segurança do local.
O delegado de plantão na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Canoas, Paulo Florentino Machado, responsável também pela delegacia de Esteio, liberou o assaltante por considerar pequena a quantia de dinheiro roubada.
No despacho da ocorrência ele diz: “forte nos princípios da proporcionalidade, fragmentalidade e da última razão, uma vez que a res furtiva gira em torno de, no máximo, R$ 300,00, não vislumbro justa causa para lavratura de APF (auto de prisão em flagrante), determino instauração de IP (inquérito policial), por portaria, para completa apuração dos fatos”.
O proprietário do posto de combustíveis ficou indignado pois, segundo ele, o delegado não olhou as imagens da câmera do posto, não perguntou o nome do bandido e determinou por telefone que ele deveria ser solto. O ladrão deixou a delegacia caminhando. Segundo a Brigada Militar, ele estava em liberdade provisória e possui antecedentes por homicídio.
Segundo o diretor do Departamento de Polícia Metropolitano (DPM), delegado Cléber Ferreira, no momento da prisão, o delegado Machado estava em Eldorado do Sul, onde autuava três homens que participaram de um assalto.
Ele teria tomado a decisão de soltar o suspeito preso em Esteio e abrir inquérito para investigá-lo após ser avisado pelo telefone do caso por um agente plantonista da DP de Esteio. “Talvez tenha ocorrido algum erro de comunicação.
Precisamos apurar.
Se foi identificado pela vítima e estava com o fruto do roubo, acho que o suspeito deveria ter sido preso”, afirma Cléber.

.

Origem:Jornal Correio de Notícias