post-title COMO DEVEMOS INVESTIR ADEQUADAMENTE EM SEGURANÇA PESSOAL OU PATRIMONIAL? 2012-12-04 13:35:47 yes no Publicado por: Categorias: Notícias

COMO DEVEMOS INVESTIR ADEQUADAMENTE EM SEGURANÇA PESSOAL OU PATRIMONIAL?

 

 

Carlos Helberto Zwetsch

diretor técnico eletrônico-Crea rs130585

Instaltec Comercial Ltda.

Vivemos em tempos que ao conversarmos assuntos diversos, não conseguimos deixar de trazer a tona os medos que temos em relação ao crescente aumento da criminalidade . Agravado pela impunidade relacionada ao baixo efetivo e remuneração dos policiais, sistema prisional ineficiente e leis ultrapassadas frente a nova onda de assaltos e fraudes da nossa realidade.

Sabemos que o Estado deveria zelar pela proteção, estudo , saúde, entre outros , e que não tendo evoluído o suficiente nos últimos anos para cumprir adequadamente suas funções .

Não cabe a nós, neste momento, entrar no mérito da questão, mas passar algumas informações úteis de segurança , seja na escolha de equipamentos eletrônicos ,quanto dicas básicas que podem ajudar a reduzir o risco de roubos ou assaltos .

Não podemos mais achar que só o vizinho está correndo riscos de ser surpreendido e que nossa casa é a mais segura pois por anos nunca foi arrombada ou alguém da família não ter sido assaltado ou carro furtado.

Na verdade se pararmos para pensar, a 10 anos atrás sabíamos que alguém foi assaltado através do noticiário ou de comentários de alguém, mas geralmente não conhecíamos a vítima.

Hoje números indicam que nos lares da região do Vale do Sinos pelo menos um ente próximo já sofreu alguma ação de criminosos .Muito provavelmente conhece alguém do circulo de amizades que já viveu de perto o sofrimento dos chamados crimes bárbaros . Infelizmente estes estão tomando, cada vez mais espaço nos noticiários, em torno de 50% de sua grade constituída de notícias negativas como assalto, roubo assassinato, corrupção entre tantos.

A ideia de trazer estes comentários não é de causar pânico , mas de alertar e enfatizar da importância que temos que dar cada vez mais aos nossos hábitos e recursos possíveis a serem utilizados para nossa segurança.

No meu dia a dia constantemente sou indagado de quais equipamentos devem ser utilizados para montar o aparato de segurança de uma residência ou estabelecimento comercial.

Gostaria de destacar em uma ordem de importância como segue .

CENTRAIS DE ALARMES

A colocação de alarme EM PRIMEIRO PLANO sensores magnéticos em todas aberturas externas da residência, incluíndo alguns sensores infra vermelhos internos.

Neste item deve ser observado que na fase atual somente as centrais micro processadas que são verdadeiros equipamentos inteligentes, específicos da área de segurança totalmente programáveis conforme a necessidade do usuário.

Alguns modelos de centrais agregam opções voltadas a itens básicos de automação residencial : controle a distância para acionamento de luzes, eletrodomésticos ,motores , recebimento de disparos através de torpedos ou mensagem de voz entre outros.

Indispensável a colocação de sensores magnéticos com fio, em todas as aberturas externas.

O uso de sensores infra vermelho internos completam a segurança , tem por função cobrir invasão por chaminés, arrombamento de paredes, corte da parte interna de portas e janelas entre outros.

A escolha dos infras deve estar ligado a condição que se encontra a área protegida. Com animais de pequeno porte deve ser usados os sensores infra vermelho com Pet (animais até 30 KG sem disparo).

A utilização de sensores infra vermelho com proteção a RFI interferências de rádio frequência e EMI Interferência eletro magnética assim como de Micro ondas, são opções de sensores extremamente confiáveis que podem evitar disparos em falso.

Para colocação de sensores infra vermelho nas áreas semi-aberta e -aberta os sensores devem conter estas especificações bem definidas em suas caracteristicas técnicas.

A colocação de 1 sirene no interior da residência além de 2 externas é de grande importância. Quando disparar o sistema, estando o assaltante dentro da área protegida ,o mesmo ficará desorientado, dificultando o raciocínio para efetuar o roubo rápido de pertences antes que venha o apoio ao disparo da central.

O uso de sensores de pânico através de controle remoto agregados a central é de grande valia. Aconselha-se a colocação de um transmissor escondido por banheiro, um em cada veículo e um em cada ambiente mais frequentado da residência, além de, é claro ,no quarto de dormir.

Quando acionados mandam a informação para empresa de segurança e monitoramento de uma forma silenciosa sem que o assaltante saiba , proporcionando uma ação mais segura especialmente no caso de reféns.

Da mesma forma, se ocorrer que em determinado momento ao chegar no estabelecimento , ainda do lado de fora, for calçado pelo assaltante você deverá informar a ele que terá que desligar o alarme. De posse de uma senha especial irá desligar o sistema, porém imediatamente a central de monitoramento receberá a informação de desligamento do sistema por coação com refém.

A partir desta informação serão tomadas as providências cabíveis pelo monitoramento .

Informações como central ligada ou desligada, anulação de setores, qual usuário ligou e desligou a central com horários específicos, falha na bateria , falha na linha telefônica, falha de reporte (comunicação com monitoramento), falha de carregamento da bateria entre outros, serão informadas a central de monitoramento, e no painel do usuário solicitando assim a correção das devidas falhas reportadas.

As centrais micro processadas seguem o parâmetro internacional das certificadoras na Comunidade Europeia CE, Canadense IC e Americana para que tenham padrões internacionais segurança.

Vale lembrar que o uso destas funções especiais somente serão possíveis se o alarme estiver sendo monitorado por uma empresa de segurança que possua a sua base de monitoramento montada sobre a plataforma do software de monitoramento universal Contact ID.

Para sua segurança é fundamental que sempre tenha seu alarme monitorado por empresas idôneas e autorizadas pelo GSVG da Brigada Militar POA-RS, órgão regulamentador das empresas de segurança eletrônica.

Estas dicas são a base para que efetue um projeto de segurança na área de alarme.

O uso dos sensores sem fios deve ser evitado, sendo vulneráveis apresentam deficiências que prejudicam eficiência do sistema: bloqueio do sensor por interferência de RF, janela aberta ao sair não marca na central, o custo da bateria adequada dos sensores alto levando ao uso de outra de menor valor, ter que testar abertura por abertura uma vez por mês , pelo cliente, para confirmar a perfeita condição do sistema. São algumas das questões que devem ser ponderadas.

Para sua segurança eletrônica o alarme da residência sempre deveria ser a sua 1° escolha nos equipamentos a serem utilizados.

MOVIMENTADORES DE PORTÃO.

A quase 3 décadas tem sido um forte aliado na guerra contra e exposição externa do individuo da área protegida.

As suas versões são usadas basicamente em três tipos de portão:

Os basculantes , de contra peso, que tem a sua folha de abertura erguida.

Os deslizantes que tem a sua folha aberta no sentido horizontal.

Os pivotantes de 1 e 2 folhas que tem a sua abertura feita de forma pivo dobradiça estilo porta convencional.

As versões mais confiáveis são: 1° o basculante e em segundo o deslizante .Neste critério foi levado em consideração a durabilidade da estrutura do portão e equipamento tracionador. A pivotante tem um visual estético interessante, porém é bastante frágil em estrutura e automação, além de tempo de abertura prolongado.

Os movimentadores de um modo geral possuem um tempo de abertura e fechamento bastante alto para a realidade atual (média 12 segundos).

Já as versões de alta velocidade média (5 segundos) vem com desconforto de fortes batidas no fechamento ocasionando o desgaste da estrutura do portão precocemente, exceto nos motorredutores de centrais micro processadas com motor de passo, que possuem um alto custo de instalação e manutenção.

Seja qual for o equipamento utilizado deve ser sempre observado o cuidado no procedimento de abertura: visualizar a área na chegada e saída do local se está sem riscos e fechar imediatamente o portão, indiferente se possui fechamento automático.

Vale lembrar que os movimentadores de portão não são fechaduras. Apesar de darem uma aparência de porta trancada, ao ser tracionada por duas pessoas pelo lado externo poderão romper e abrir a mesma.

É aconselhável a colocação de travas eletromagnéticas 1 ou 2 dependendo do tamanho do portão. Funcionam como uma tranca interna , sendo o destravando automático com acionamento do movimentador.

NUNCA acione o portão sem estar visualizando o mesmo, além de poder fechar sobre um veículo que está entrando, corre o risco de abrir para que o assaltante entre sem ser percebido.

Tenha sempre cuidado com os transmissores. Evite deixá-los em locais de fácil acesso de terceiros, inclusive no interior do veículo, caso extravie imediatamente solicite a troca do código para inutilizar o perdido.

CERCA ELETRÔNICA.

As cercas eletrônicas são vistas pela maioria das pessoas como uma solução primária e definitiva, oferecendo uma solução mágica e uma grande sensação de segurança.

Na prática isto não passa de um mito, a cerca eletrônica apenas é uma barreira para ações rápidas de assaltantes que visualizam no interior de um pátio, por exemplo, um Notebook .

O intruso, se não tiver cerca eletrônica e for rápido em escaladas (e eles sempre são) irá escalar a cerca ou muro confiscar o objeto em tempo rápido e nada poderá ser feito amargando o proprietário com o prejuízo.

Em alguns casos ela se mostra eficiente quanto na questão do ataque rápido com refém. Nos arrombamentos e assaltos programados a mesma oferece um recurso muito limitado e ineficiente, sendo facilmente burlada, fique atento.

A sua instalação deve ser feita por empresas capacitadas e qualificadas que sigam as regras de instalação, que é especifica no plano diretor de cada município. Devendo a empresa instaladora fornecer uma ART anotação de responsabilidade técnica com a taxa paga, ficando 1 via da mesma com o cliente devidamente assinada e outra com a empresa instaladora.

As centrais devem ser certificadas pelo INMETRO segundo normativa e sua instalação acompanhar as regras ditas pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR IEC 60335-2-76. Aparelhos eletrodomésticos e aparelhos elétricos similares – Segurança Parte 2-76: Requisitos específicos para eletrificadores de cerca, edição 2007.

CIRCUITO FECHADO DE TV-CFTV.

Este item tem se demonstrado, um grande aliado em desvendar, assaltos roubos, assassinatos entre outros.

Uma ferramenta que ganhou grande destaque a nível mundial, tendo em vista que não passa um noticiário que não mostre imagens deflagradas de algum delito praticado no dia a dia das pessoas, o famoso Big Broder da vida real.

O uso de câmeras com ou sem gravação é de grande valia para a proteção pessoal patrimonial anterior (protegendo e evitando), ou posterior ao sinistro.

Anterior quando se trata a consultar a câmeras no monitor(em tempo real) da residência ou empresa, visualização das imagens através de monitor colocado na garagem a vista de todos veículos é uma grande estratégia antes de abrir a porta, ou através do computador, Ipad, celular etc, consultando sempre antes de sair ou chegar ao recinto protegido.

A verificação de possíveis riscos na área externa e o traçado de estratégia para enfrentá-los tem contribuído em muito na segurança.

É possível também a consulta através da internet pelo celular as imagens no local de chegada visualizando câmeras da calçada, portão de veículos, pátio interno entre outros.

O uso das câmeras tem sido muito difundido , porém a falta de qualificação técnica profissional na venda e instalação tem deixado a desejar muitas vezes na eficiência das instalações e seus resultados.

Existem muitas regras para se ter um bom desempenho que vão desde o uso adequado da câmera para a situação exposta como, mini câmeras, câmeras com infra reed quando necessário, uso de câmeras com ccd , Sony preferencialmente.

O uso de placa de captura ou DVR Stand Alone com a tecnologia H.264 tem sido muito utilizado na captura das imagens acompanhados por um hd de no mínimo 1 tera para dvr a partir de 8 entradas de câmeras.

O cabeamento adequado, proteção contra surtos de rede no sistema, câmeras em locais de risco, uso de conversores de par trançado de boa qualidade são também itens indispensáveis para bom rendimento do sistema.

Os sistemas de gravação mais utilizados são as placas de captura colocadas dentro das CPUs e os dvrs Stand Alones. Os sistemas podem ser nas versões para 4, 8,16 e ,alguns ,32 câmeras, versões a partir de 2 a 4 entradas de áudio. Em alguns casos é possível manipular as câmeras com Zoom, Speed Domes, acionar luzes portas entre outros no chamado Dvr com Automação.

Certifique-se de contratar uma empresa idônea, técnicos habilitados e competência comprovada, que possa orientar e oferecer os melhores produtos e serviços dentro de um custo e beneficio aceitável.

PORTEIROS ELETRÔNICOS.

Já utilizados a mais de 4 décadas , nos últimos anos passaram a ter chamada com fala, abertura de portões, visualização da pessoa que se encontra em frente ao portão.

Este produto tem sido uma peça importante e simples que agrega segurança por não expor o atendente diretamente ao indivíduo que está em frente ao portão impedindo assim a possibilidade de ser rendido na área de abrangência visual do mesmo.

Lembre de sempre ter o cuidado de somente autorizar a abertura de porta após se certificar de quem se encontra ao portão.

O uso de 1 câmera ao lado da placa externa do porteiro, com monitor de LCD de 7” colocado ao lado do interfone ,ao invés do vídeo porteiro, tem sido uma estratégia muito boa , tendo em vista que a tela é significativamente maior, 3,5” para 7” e a câmera se encontra fora do painel com uma área de abrangência maior na visão.

A fechadura deve ser do tipo fechadura elétrica 12 volts de alta resistência sem o uso dos antigos fechos magnéticos que não resistem a um forte pontapé na porta.

O fecho magnético pode ser usado nas situações que o mesmo somente irá barrar a passagem sem risco de arrombamento.

As fechaduras eletromagnéticas por imantação oferecem uma forte resistência a arrombamento, mas são bastante vulneráveis no quesito falta de alimentação na bobina de 12 volts que acarretará a abertura da porta, ou seja se o fio se romper , for cortado ou a alimentação da energia da bateria se esgotar por muito tempo sem rede elétrica a porta ficará aberta.

De um modo geral estas são as formas de segurança mais utilizadas pelas pessoas para se defenderem da crescente insegurança.

Sempre que possível deveríamos nos munir de todos estes equipamentos, porém a ordem de prioridades seria começar pelo primeiro acima, prevendo em nosso orçamento a perspectiva de adquirir os demais.

MAS NÃO ESQUEÇA A ATITUDE CONHECIMENTO DO PRODUTO E CUIDADOS NOS PROCEDIMENTOS SERÃO DETERMINANTE NO BOM RESULTADO DO USO DOS EQUIPAMENTOS.

DICAS BÁSICAS:

Ao dirigir procure sempre que possível manter todas as portas trancadas e vidros fechados, é importante a utilização de protetores solar nos vidros(insufil).

Nunca deixe a bolsa ou objetos de valor sobre os bancos utilize o porta malas, ou embaixo do banco para guardá-los.

Mesmo quando estiver dirigindo ou com o veículo estacionado, o n° de roubos inclusive em sinaleiras por estes descuidos é bastante grande nos grandes centros.

A noite nas sinaleiras pare a uma distância segura do veículo da frente, havendo desta forma a possibilidade de fugir se necessário. A distância apropriada é visualizar o pneu traseiro do veículo da frente tocar o chão. Na madrugada sempre que possível e com cuidado não parar nas sinaleiras.

Não estacione a noite ou de dia em lugares ermos para atender celular, pois a sua distração pode lhe custar caro.

Ao se aproximar da residência ou empresa , aproximadamente 5 quadras antes ,é importante verificar se não existe algum veículo ou moto o seguindo, ex. ao dobrar a rua ele faz a mesma convergência. Caso suspeite faça entradas em ruas diferentes do habitual , se continuar a suspeitar de perseguição, dirija-se com calma a áreas mais movimentadas onde sabe que tem policiamento, solicitando a ajuda.

Se possível pelo celular, principalmente a noite, consulte as imagens das câmeras do local de destino, não esqueça de respeitar as leis de transito para o uso de celular na direção, solicite ao caroneiro a consulta.

Na chegada ao destino não acione o portão sem o estar visualizando , isto pode acarretar fechamento do portão sobre veículos que estejam passando sob o mesmo, além de permitir a entrada de assaltante sem que você perceba.

No procedimento de abertura de portão se visualizar uma moto com caroneiro na área, é aconselhável parar a abertura , fechar novamente e dar outra volta na quadra.

Não estacione o veículo contra o portão para abri-lo, deixe sempre o veículo pronto para eventual fuga de emergência, em paralelo ao portão na rua.

Caso seja surpreendido pelo assaltante tendo todos os cuidados é imprescindíveis manter a calma e se possível manter as mãos bem a vista , informando todo e qualquer movimento ou procedimento que irá fazer para que não seja confundido com uma tentativa de defesa para frustrar o assalto, procure dentro do possível colaborar e nunca tente reagir. Os n° mostram resultados desastrosos nestes casos.

Nesta situação não esqueça de informar que terá que desligar o alarme no tempo correto, lembre-se que se possuir uma central de alarmes micro processada monitorada por uma empresa de monitoramento digital, você poderá usar a senha de coação e assim ter a certeza que os procedimentos a seguir serão tomados para a sua segurança pela empresa de monitoramento.

Tente acelerar a entrega dos objetos e materiais que ele solicitar para que saia da área o mais breve possível afastando riscos.

Caso seja colocado dentro do banheiro ou outra área fechada saia da frente da porta e se coloque em um local, que caso venha ser disparado a arma de fogo contra a mesma, você esteja protegido.

Se tiver o transmissor de pânico escondido neste local não esqueça de aciona-lo.

Em caso de férias, contate o serviço de jornais para não efetuar a entrega neste período ou solicite a alguém que recolha regularmente as correspondências, se possível peça que também abra a casa para demonstrar movimento.

O uso de sensores de presença na iluminação externa pode ser importante para iluminar a sua chegada, mas tem pouco efeito para simular presença do morador por ser comum este recurso.

O ideal é criar um circuito em algumas lâmpadas estratégicas inclusive internas que simule acendimento aleatório como se alguém no interior da residência estivesse se movimentando pelos cômodos.

Tenha muito cuidado com os transmissores de acionamento do portão e do alarme, não o deixe jogado sobre mesas ou em fácil acesso, é preciso 5 segundos para copiar os códigos do seu controle a outro transmissor chamado clonador que é vendido normalmente no mercado de eletrônicos.

O ideal é que seu alarme não seja acionado por controle remoto, pois o uso dos mesmos aumenta em muito as chances de ter o sistema burlado, pelo desarme interno no teclado este n° se aproxima de zero.

Em condomínios, seria importante contratar um consultor pelo menos 1 vez por ano para fazer uma palestra aos condôminos sobre dicas e cuidados com a segurança, pois nestes lugares mesmo que guarnecido por vigilância os riscos são bastante grandes pela falta de cuidado nos procedimentos.

Não esqueça, uso de celular além de proibido na direção , também atrapalha a atenção e percepção de situações de perigo que podem acontecer no momento de chegada saída do estabelecimento ou nas paradas no transito.

Estas são alguns regras básicas que podem auxiliar no seu dia a dia e aumentar em muito a sua segurança e dos seu familiares.

Carlos Helberto Zwetsch

Crea: RS130585

Instaltec Comercial Ltda www.instalteccomercial.com.br