post-title Tecnologia sem fio é capaz de recarregar smartwatch e até carro elétrico 2014-09-26 10:59:37 yes no Posted by: Categories: Notícias

Tecnologia sem fio é capaz de recarregar smartwatch e até carro elétrico

Smartwatch recarregado com tecnologia sem fio ainda é protótipo (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)Smartwatch recarregado com tecnologia sem fio
 

Smartwatch recarregado com tecnologia sem fio ainda é protótipo (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)Smartwatch recarregado com tecnologia sem fio

Por Pedro Zambarda
Para o TechTudo

A Qualcomm apresentou no Brasil, nesta terça-feira (23), a Halo, uma tecnologia que não somente recarrega, sem fio, a bateria de automóveis elétricos como também de smartwatches, com bateria autônoma de cinco dias. A novidade está em desenvolvimento para ter diversas aplicações no futuro e já foi testada na Fórmula E, de corrida com veículos elétricos. O piloto brasileiro Lucas di Grassi, primeiro vencedor da categoria, explicou como a Halo funciona, durante o anúncio do produto em São Paulo.

Como funciona o Qualcomm Halo?

O carregador sem fio para carros elétricos chama-se Qualcomm Halo e está ainda em estudo para vir a alimentar variados aparelhos. A tecnologia dá suporte aos safety cars, que são modelos da BMW. Além disso, a Qualcomm mostrou um protótipo de relógio inteligente que pode ser recarregado apenas por meio do contato com a Halo. O gadget só foi testado, por enquanto, nos Estados Unidos.

Imagem
O smartwatch é recarregado pelo contato com o Halo
(Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)

 

A bateria dos carros de corrida da Fórmula E levam quase duas horas para ser reabastecida. “É cerca de 1% por minuto, mas os primeiros 80% são repostos em meia hora. E o mais importante: os pólos magnéticos não precisam estar totalmente alinhados para fazer a recarga”, informou Lucas di Grassi.

Imagem
Tecnologia Qualcomm Halo é utilizada em carros de Fórmula
E e até em Safety Cars (Foto: Divulgação)

 

A Qualcomm aposta em tecnologias sem fio que façam os carros conversarem entre si. Para o presidente da companhia na América Latina, Rafael Steinhauser, isso permitirá, no futuro, a existência de automóveis sem motoristas. O Google, inclusive, já investe nesse tipo de carro.

TechTudo