post-title Consumidor consciente: saiba como economizar energia elétrica 2010-10-14 12:25:58 yes no Publicado por: Categorias: Notícias

Consumidor consciente: saiba como economizar energia elétrica

Consumidor consciente: saiba como economizar energia elétrica

As estatísticas não são precisas mas a estimativa é que no Brasil são desperdiçados entre 10% a 15% da energia elétrica produzida. O uso consciente de energia elétrica representa economia para o País e para o bolso do consumidor. Por isso, vale a pena ficar atento às dicas simples para economizar energia.

O gerente de Eficiência Energética da Coelce, Odailton Arruda, explica que a base de geração da energia no Brasil vem das hidrelétricas (79,9%).

Pela ordem, aparecem as termelétricas com uso de gás natural (9,6%), termelétricas com uso de petróleo e derivados (7,7%), usinas eólicas (6%), usinas nucleares (1,6%) e as de biomassa (1,2%).

O que é produzido por essas fontes forma a matriz energética interligada numa rede sob gerenciamento pelo Operador Nacional do Sistema, ligado ao Ministério das Minas e Energia.

O ONS distribui a energia para todo o País e o desperdício em uma área acaba afetando a todos.

Ele aponta dois motivos principais para o desperdício de energia: Equipamentos velhos ou mal conservados e o mau uso.

No caso de aparelhos de ar-condicionado, geladeiras e freezers, mesmo em bom estado, com mais de seis anos gastam mais energia que os atuais, que passaram a contar com tecnologia mais moderna.

Se os aparelhos estão com borrachas e outras peças danificadas, as perdas podem ser ainda maiores.

Mas no caso do mau uso, a economia só depende do consumidor, ressalta o gerente. Por isso é preciso ficar atento a algumas dicas simples. Confira:

Ar condicionado

Ao ligar o aparelho, mantenha as portas e janelas fechadas; limpe os filtros periodicamente, pois sujos, eles impedem a circulação livre de ar, aumentando o consumo de energia; prefira os que possuem selo PROCEL/INMETRO de economia de energia;

Computador

Nas pausas mais prolongadas, desligue totalmente o aparelho, inclusive o estabilizador; nas pausas mais curtas, desligue o monitor de vídeo, que é responsável por 70% do consumo de energia.

Chuveiro elétrico

O básico é fechar a torneira enquanto se ensaboa. Colocar a chave seletora na posição verão gera uma economia de 30%.

Ferro de passar

Acumule um quantidade razoável de roupas e passe tudo de uma só vez.

Quando ligado e desligado várias vezes, provoca um grande desperdício de energia; Use o ferro na graduação correta de aquecimento para cada tipo de tecido e inicie o trabalho pelas roupas mais pesadas.

Ao final, após desligar o ferro, aproveite ainda o calor para passar algumas roupas leves.

Iluminação

Sempre que possível, aproveite a luz do sol, evitando acender lâmpadas ao dia. Ao sair do ambiente, sempre apague as luzes; dê preferência às lâmpadas fluorescentes compactas (LFC) ou circulares.

Além de consumir 1/3 menos energia que as correlatas incandescentes, duram 10 vezes mais. Estas lâmpadas são indicadas para qualquer ambiente que necessite de iluminação continuada por mais de 2 horas seguidas; Se você utiliza uma lâmpada incandescentes de 100W, ao substituí-la por uma fluorescentes de 32W você estará economizando da ordem de 60% da energia consumida.

Televisão

Desligue o aparelho quando não houver ninguém assistindo; evite o hábito de dormir com a televisão ligada.

Se ela possuir a opção de programação de horário de desligamento, utilize-a.

Na compra de um aparelho novo, dê preferência a um aparelho que disponha destes recursos.

Refrigeração

Instale geladeiras e freezers em local arejado, desencostado de paredes ou móveis, distante de raios solares e fontes geradoras de calor como fogões e estufas; nunca utilize a parte traseira do aparelho para secar panos e roupas; guarde ou retire alimentos e bebidas de uma só vez evitando abrir o refrigerador/freezer sem necessidade, pois a cada vez que a porta é aberta, ocorre entrada de ar quente, fazendo com que o motor trabalhe mais e, em consequência, consuma mais energia; alimentos, quando ainda quentes, não devem ser guardados no refrigerador/freezer; faça o degelo e a limpeza periodicamente; não forre as prateleiras internas com vidros ou plásticos, pois bloqueia a circulação interna do ar frio; mantenha a borracha de vedação da porta em bom estado.

Agência da Boa Notícia