post-title Desvendando os mistérios da TV digital 2008-01-18 11:37:37 yes no Publicado por: Categorias: Notícias

Desvendando os mistérios da TV digital

A poucas semanas tivemos no Brasil a inauguração da TV digital, porém muitas dúvidas ainda existem sobre essa tecnologia. Por isso, vamos esclarecer neste artigo os conceitos mais importantes sobre HDTV (High Definition Television) ou TV de alta definição.
Essa modalidade de transmissão melhora a qualidade da imagem e do áudio, eliminando os fantasmas e interferências. Utilizando alguns elementos matemáticos para avaliação, consideramos que a televisão convencional analógica possui uma resolução de imagem de aproximadamente 240 linhas horizontais. Já a TV digital pode atingir uma resolução máxima de 1080 linhas horizontais, ou seja, é cerca de quatro vezes mais nítida.
Outra modificação importante é o formato da tela que passou a ser 16:9, isto é, 16 partes horizontais e 9 partes verticais (acabando com aquele formato quadrado e se aproximando mais ao formato de cinema, também chamado de widescreen).
O som também sofreu alterações. Na TV digital, o som é transmitido em 6 canais, semelhantes ao som obtido nos DVDs, sendo distribuído acusticamente na sala da seguinte maneira: dois alto-falantes frontais sendo um de cada lado da sala; dois traseiros; um central e outro que poderá ficar em qualquer lugar da sala, mas que possui características especiais, pois ss reproduz freqüências baixas (entre 20 e 120 Hz).
A grande promessa da TV digital esta na interatividade. O telespectador poderá desfrutar desse benefício, interagindo diretamente com o programa, trocando informações com a emissora, por exemplo, votando em enquetes ou participando de games e programas ao vivo. O recebimento das informações ocorre via ar, mas o retorno a central de transmissão se da pelo telefone fixo ou celular. De início, os aplicativos de interatividade serão bem simples ou até inexistentes, mas, com o tempo, deverão tornar-se progressivamente mais interessantes e sofisticados.
Vale ressaltar que, em breve, haverá a possibilidade de assistir a TV digital em nosso próprio aparelho de celular, notebook, lap top, em qualquer lugar, com mobilidade total, sem que a imagem ou o som falhe.
Sérgio Antunes Professor de Eletrônica do Instituto Monitor