post-title Energia elétrica pode ter redução de gastos com a automação 2011-05-26 20:07:33 yes no Posted by: Categories: Notícias

Energia elétrica pode ter redução de gastos com a automação

 
 

 

Além de ser bom para o bolso, economizar energia elétrica passou a ser uma questão de sustentabilidade. Pensar em soluções que possam reduzir esse gasto é apenas um dos meios de exercer esse papel.

Com o passar dos anos, a automação em condomínios e residências está ao alcance das mãos. Prova disso é o custo nos últimos cinco anos que reduziu praticamente pela metade.

Para integrar os setores climatização, iluminação, parte hidráulica, elevadores é preciso ter um sistema de controle predial que monitore e seja acionado de maneira eficiente.

Além desse monitoramento, com a utilização da automação em edifícios é possível economizar energia. Por exemplo, o sistema reduz gastos ao realizar tarefas simples – porém, essenciais – como: desligar as luzes de uma sala vazia ou programar a temperatura de acionamento do ar-condicionado.

A dificuldade em aplicar esses sistemas a condomínios residenciais sempre foi o custo. Mas um estudo da Aureside (Associação Brasileira de Automação Residencial) mostra que em 23 meses a automação se paga com um projeto bem desenvolvido.

Ainda de acordo com esse estudo, o sistema elétrico é o maior responsável pela economia. A redução nos gastos mensais graças a automação seria de 8% com reparos do material elétrico, de 6% com energia elétrica e de 5% com o gerador.

A gestão automatizada também aumenta a segurança do condomínio.

Em alguns condomínios, todo o encanamento de água e gás é supervisionado pelo sistema. Com isso, se houver vazamento, o sistema avisa imediatamente a portaria e envia mensagem de celular ao proprietário da unidade.

Instalação já na planta

No caso de projetos novos, ou seja, preparar o prédio na fase de construção para receber a automação, esses custos podem ser ainda menores. Afinal, é possível trabalhar com a arquitetura e a engenharia para ganhar mais iluminação ou reaproveitar a água, por exemplo.

Outro caso em que é possível priorizar a automação é instalar em todos os cômodos, pontos multiuso (de áudio, vídeo, telefone e internet) com seus respectivos cabeamentos, acesso à internet em banda larga e câmeras para o circuito fechado de TV (CFTV).

Com essas alterações, os condôminos ficam mais felizes e o condomínio consegue gerenciar melhor suas despesas.

Rubens Augusto Romano é engenheiro eletricista há 23 anos .

Comments (1)

Comments are closed.